Pissitras Boylerplate

100% made in ceará!
Lanchonetes resistem à crise e planejam reabertura
A hamburgueria Rothenburg teve que fechar a unidade recém-inaugurada em Juazeiro do Norte. A filial de Fortaleza no Lago Jacarey volta a receber os clientes no dia 6 de julho.
Hamburgueria Rothenburg,
Hamburgueria

Dados da Junta Comercial do Ceará, divulgados pelo Jornal O POVO, mostram que, no primeiro semestre de 2020, 846 restaurantes, lanchonetes, bares e demais estabelecimentos que servem alimentação fecharam as portas. Mais de 30 mil demissões já aconteceram nesse setor, segundo a estimativa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) do Ceará.

Muitos empresários estão resistindo para sobreviver aos impactos da pandemia e não ver o empreendimento construído com muito trabalho entrar para as estatísticas. Em junho de 2017, John Clécio de Lima Abreu dava um importante passo: após trabalhar como auxiliar de cozinha e cursar a faculdade de Gastronomia, reuniu o capital de 60 mil reais com a ajuda de seus familiares e os do seu sócio para abrir a hamburgueria Rothenburg em Fortaleza.

A primeira lanchonete, no bairro Meireles, aproveitou a época de grande procura por hambúrgueres artesanais na cidade e vendia, em média, de 120 a 140 lanches por dia aos finais de semana.

Em seguida, veio a ampliação com uma filial no Cambeba, gerando ainda mais empregos para garçons, cozinheiros, atendentes. Uma terceira loja em Juazeiro do Norte de 2.100m² tinha sido recém-lançada. Boa parte disso desmoronou com a pandemia. Atualmente, a média de vendas por delivery na capital é de 50 lanches por dia aos fins de semana, e a hamburgueria no Cariri teve que fechar, mesmo com o alto investimento feito.

“A gente sofreu demais, eu já estava abrindo a terceira loja em Juazeiro e tive que fechar. Já cheguei a ter na minha equipe 26 funcionários, hoje tenho oito”, afirma o empresário.

Hoje, as Rothenburg estão funcionando apenas com entregas a domicílio, enquanto esperam a autorização para abrir as lojas físicas à noite, horário ideal para o bares, lanchonetes, restaurantes, e que deve estar liberado a partir de 6 de julho, segundo o Plano de Retomada Econômica.

Ele considera os aplicativos de entrega são “um mal necessário”, pois o serviço cobra 20% da venda, o que encarece o produto para o cliente final e consome boa parte do lucro. “Preciso embutir o valor no preço, por isso às vezes o cliente final paga um pouco mais pelo aplicativo”, explica. Os pequenos negócios são mais prejudicados do que as grandes redes de fast food, mesmo que os sanduíches não tenham a mesma qualidade. “Eles conseguem fazer um produto mais barato pela larga escala, mas na qualidade eles não chegam perto”, avalia John Clécio.

O cuidado no atendimento também é um diferencial. Um público de mais de 38 mil pessoas segue o perfil da hamburgueria no Instagram e as mensagens são respondidas pelo próprio dono. “Tento ter um relacionamento com cliente pelo Instagram, eu mesmo respondo as avaliações e tento resolver da melhor forma”, afirma.

Mesmo com os prejuízos, a empresa cearense contribuiu com a campanha solidária de arrecadação de alimentos feita pelo Programa Mesa Brasil Sesc. Em reconhecimento aos médicos e profissionais de Saúde que trabalharam para conter a pandemia, a Rothenburg, em parceria com a Speciale Pães, fez uma doação de 200 sanduíches que foram entregues à equipe do Hospital Leonardo da Vinci, em maio.

No início de julho, assim que os restaurantes puderem abrir no período noturno a hamburgueria de John Clécio vai reabrir a sede do Lago Jacarey, onde é a Rothenburg Sul é indicada pelo site Trip Advisor de como uma das melhores da região.

Tomando todos os cuidados exigidos pelas normas sanitárias, as mesas serão alternadas e, sobre cada uma delas, estará disponível um frasco de álcool gel. Além disso, os três funcionários atenderão usando máscaras e luvas. A unidade do Meireles continuará atendendo delivery e a expectativa é que o volume de vendas nas duas lanchonetes aumente para possibilitar a recontratação dos funcionários

empresário, vem com a gente nessa!
Arria baixe a campanha:
Peças Redes sociais
Clique para baixar